Músicas

Orquestra Violões do Forte de Copacabana e Shalom abre sua temporada de concertos mensais em Copacabana, sábado, dia 24/2

Com apresentação de obras chinesas, performances de  dança e Kung Fu, concerto da orquestra formada por 25 jovens do Rio de Janeiro celebra também o Ano Novo Chinês

Neste próximo dia 24 de fevereiro, sábado, às 18h, a Orquestra Violões do Forte de Copacabana e Shalom fará seu primeiro concerto do ano no Forte de Copacabana, abrindo sua tradicional série de concertos mensais no espaço, um dos pontos turísticos cariocas mais visitados. Além da abertura da temporada, a apresentação marca também a celebração do Festival da Primavera, também conhecido como Ano Novo Chinês. Para marcar a data, a orquestra executará quatro obras chinesas em seu repertório, todas com arranjos especialmente produzidos para o projeto. No mesmo dia, o evento contará com a participação de integrantes da Companhia RioMont de Dança Tradicional Chinesa e uma performance de Kung Fu. A Cia RioMont tem o patrocínio da CNPC Brasil.

Além dos violões, a Violões do Forte de Copacabana e Shalom reúne instrumentos como clarineta, flauta transversa, saxofone, trompete, trombone, teclado, percussão e bateria. Os jovens são convidados a apresentar músicas do repertório tradicional da MPB, muito conhecido pelo público, assim como músicas belíssimas de grandes nomes da nossa música, porém não tão conhecidas pelo grande público. 

O projeto é idealizado pelo Instituto Rudá, por meio da Lei Rouanet – Lei de Incentivo à Cultura e conta como mantenedores o Grupo Shalom e a CNOOC – PETROLEUM BRASIL. Já o patrocínio é da ONS-Sistema Nacional do Sistema Elétrico e da TIJOÁ Energia. O projeto conta ainda com o apoio cultural da FHE-POUPEX e da Associação de Arte e Cultura RioMont.

Orquestra Violões do Forte de Copacabana e Shalom 

Criada pelo Instituto Rudá, organização especializada em gestão de orquestras, e com idealização da produtora e empresária Márcia Melchior, a Orquestra Violões do Forte de Copacabana é formada por 25 jovens que possuem de 13 a 21 anos, alunos da rede pública de ensino. Os componentes ensaiam uma vez por semana no Forte de Copacabana e ainda contam com ensino de apoio, como aulas de inglês. A Orquestra também é parceira da Orquestra Shalom, que a acompanha há 12 anos.

“O objetivo da Orquestra é capacitar os jovens para que eles cheguem a ingressar em orquestras profissionais, em orquestras das Forças Armadas, e que tenham um caminho profissionalizante, graças à música. Felizmente, ao longo dos anos, diversos estudantes da Orquestra ingressaram em projetos musicais e culturais, na academia, alguns chegando mesmo ao doutorado. Essa é a nossa maior missão”, diz Márcia Melchior.

Tendo realizado diversas apresentações neste tempo, a Orquestra Violões do Forte de Copacabana vem cumprindo o papel de incentivar novos talentos, e de difundir a cultura musical, fazendo dessa arte um instrumento de inclusão social e formação profissional. Acreditando na modificação do indivíduo através da arte, o Instituto empreendeu ações educativas envolvendo jovens em situação de carência econômica e social, fazendo da música um elemento formador de comportamento. Além dos conhecimentos próprios à execução do instrumento escolhido, a música proporciona aos jovens amadurecimento, profissionalização e maior solidariedade entre os componentes da Orquestra.

SERVIÇO:

Orquestra Violões do Forte de Copacabana e Shalom 

Data: 24 de fevereiro, sábado

Horário: 18h

Local: Alameda do Forte de Copacabana – Praça Cel. Eugênio Franco, 1, Posto 6.

60 minutos. Grátis. Livre.

Acesse o site oficial da OVFC: www.violoesdofortedecopacabana.com.br/  

Siga a Orquestra nas redes sociais:

Instagram: @orquestravioloesdoforte

YouTube: https://www.youtube.com/VioloesdoForte

Facebook: https://www.facebook.com/VioloesDoForte

Siga a Orquestra no Spotify:

Spotify: https://open.spotify.com/artist/0QacyVNz1x96XzkIkvURe8

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo