Esportes

Ex-árbitro reprova pênalti a favor do Flamengo em Bruno Henrique

Lance gerou bastante revolta por parte do Fluminense, que discordou da arbitragem, da mesma forma que Alfredo Loebeling

Vitória com ajuda da arbitragem?

O Flamengo, mesmo recheado de desfalques em decorrência da Copa América, conseguiu superar o Fluminense com o placar de 1 a 0 no Fla-Flu e segue firme e forte na liderança do Campeonato Brasileiro.

Bruno Henrique, do Flamengo, participou do lance decisivo.
© Alexandre Loureiro/AGIFBruno Henrique, do Flamengo, participou do lance decisivo.

Mesmo muitos acreditando que poderia ocorrer uma queda de rendimento, Tite vem conseguindo encontrar um padrão com quem está disponível e o Mengão chegou aos 25 pontos na competição nacional.

No entanto, o lance que trouxe a vitória flamenguista segue gerando repercussão: Bruno Henrique foi derrubado na área e a arbitragem assinalou a marca da cal, mas na opinião de muitos, houve um equívoco.

Em entrevista ao De Primeira, o ex-árbitro Alfredo Loebeling afirmou que não marcaria a penalidade, alegando que o atacante rubro-negro, inclusive, teria cometido uma falta em Calegari, do Tricolor das Laranjeiras.

Motivo pelo erro na penalidade:

Dessa forma, o profissional analisou a jogada com detalhes e explicou qual o critério atual da arbitragem para esse tipo de lance, fazendo uma crítica, inclusive, a entidade:

Está difícil, cada vez mais a FIFA abre a interpretação e vira uma coisa muito subjetiva. Você consegue justificar a marcação da penalidade da mesma forma que você consegue justificar a não marcação”, iniciou.

Sem clubismo: foi pênalti em Bruno Henrique?

Sem clubismo: foi pênalti em Bruno Henrique?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

Eu não marcaria a penalidade, porque eu entendo que há, sim, o braço do Bruno Henrique. Só que a determinação da FIFA fala que o árbitro tem que julgar se esse movimento é suficiente ou não para desequilibrar o jogador do Fluminense”, acrescentou.

Falta foi invertida?

“A mesma determinação diz o seguinte: o pênalti não precisa ser mais só por intenção ou imprudência, ele pode ser por imperícia. Ou seja, quando ele desequilibra, acaba derrubando o Bruno Henrique, sem querer também é pênalti”, disse.

Mas, na minha ótica, há sim o braço que desequilibra o jogador Fluminense. Para mim, a falta [do Bruno Henrique] é anterior à marcação da penalidade, finalizou Alfredo Loebeling.

pedro zanuzzi

Pedro Zanuzzi é um jornalista que há cerca de quatro anos atua cobrindo esportes como futebol, com ênfase nos times brasileiros e sul-americanos. É especializado na cobertura do Corinthians, Palmeiras, Santos, Grêmio, São Paulo, Vasco e Flamengo, além de esportes como automobilismo. Graduado em Direito pela UNIMEP (Universidade Metodista de Piracicaba) em 2017. Atualmente, é apresentador do Podcast semanal do Bolavip Brasil.


BolaVip

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo