Esportes

Jogador discorda de Tite e pede para sair

Mercado da Bola

Ideia é encontrar um time para o lateral ser emprestado e, assim, ganhe mais experiência

Planejamento a todo vapor

O elenco do Flamengo é considerado muito qualificado, mas a Copa América irá deixar o time de Tite com muitos desfalques. Até por isso, os dirigentes seguem atrás de reforços.

Tite tem muita moral no Flamengo
© Getty ImagesTite tem muita moral no Flamengo

Marcos Braz, vice-presidente de futebol, deu uma declaração na noite da última terça-feira (2) falando sobre o assunto e deixou nas entrelinhas que novidades podem aparecer em breve.

O Flamengo sempre monitora alguns jogadores, não necessariamente nessa posição, em todas as posições. A gente sabe das dificuldades que o Flamengo terá nas convocações das seleções, mas acho que não dá para ir ao mercado toda hora e trazer jogadores”, disse.

Ainda falando sobre o elenco de jogadores, tem um gringo que deseja buscar novos ares e deixar o Flamengo. De acordo com o comunicador Fabricio Lopes, o lateral-direito Santiago Ocampos quer ser liberado para atuar em outro clube.

Saída é o melhor caminho

Assim, ele deve ser emprestado. O paraguaio tem 22 anos seu contrato com o CRF vai até dezembro de 2025. A direção flamenguista procura um melhor destino para o defensor.

Aos 22 anos, o lateral entende que precisa atuar mais em campo para desenvolver sua carreira e, assim, ser um jogador ainda melhor. Com Tite, dificilmente ele terá chances no profissional.

O Volta Redonda chegou a se interessar pelo jogador, mas o negócio não foi para a frente. A reportagem do Bolavip Brasil apurou que a saída do jogador deve ser concluída nos próximos dias.

Os dirigentes flamenguistas enxergam qualidade no defensor, mas não nesse momento para o profissional, haja vista que Tite tem Varela como titular e Wesley na reserva.

Pendências precisam ser resolvidas

Ainda na noite de ontem (2), Marcos Braz seguiu falando sobre outros assuntos: “Jogar na altitude, depois de uma data FIFA sempre é ruim, a conjuntura do jogo fez a gente sair com um sabor amargo”, disse, antes de completar:

Mas é Libertadores, a gente tem que entender isso. Correram demais os jogadores deles, também tem que dar o mérito aos jogadores deles. O Flamengo está no caminho certo”, completou.

“(A Data Fifa) sempre atrapalha, é viagem, é treinamento diferente e quando o jogador chega numa seleção ele sempre se doa ao máximo, ele sempre faz o máximo possível. Não tem jeito, quando você vai para a uma seleção, você volta diferente”, explicou.

Braz sobre Gabigol: ”O Flamengo está fazendo o dever de casa para conseguir reverter isso. É uma esperança nossa. Acho que teve um excesso nessa punição e a gente espera que o comitê internacional reveja isso”, concluiu.


BolaVip

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo