Noticias do Botafogo

E agora Textor? Jogadores são alvo de protesto e emocional pode pesar

Botafogo sofre no fim do jogo novamente

O Botafogo entrou em campo na noite da última quarta-feira onde enfrentou o Aurora em Cochabamba em sua estreia na Pré-Libertadores. A partida em questão não foi das melhores. 

John Textor precisa agir  nos bastidores do Botafogo.   Foto: Jorge Rodrigues/AGIF
© Jorge RodriguesJohn Textor precisa agir nos bastidores do Botafogo. Foto: Jorge Rodrigues/AGIF

Tanto que, após sofrer o empate no fim do jogo, Tiago Nunes perdeu força e foi demitido do cargo de treinador do Fogão. Evidenciando que o fim de Brasileirão frustrante do clube ainda assombra o elenco. 

A partida de ontem, foi um retrato dos últimos meses do Glorioso, onde a equipe conseguiu a vantagem inicial na partida, porém ao não segurar o lado emocional viu o clube boliviano empatar nos acréscimos

Tanto que a bronca está caindo até mesmo para os craques da equipe, como por exemplo o atacante Tiquinho Soares, a paciência do torcedor alvinegro com o camisa 9 já parece estar esgotada. 

Muro do Engenhão amanheceu pichado

Tanto que, após o empate na partida de ida da primeira fase da Pré-Libertadores, os muros do Engenhão amanheceram vandalizados. E o nome que mais chamou atenção entre os que foram alvo de protestos, foi o do atacante. 

Ele viveu grandes momentos no primeiro turno do Campeonato Brasileiro e ganhou até mesmo música da torcida do Glorioso, que viu seu aproveitamento cair após voltar de lesão. 

Concordam com os protestos?

Concordam com os protestos?

0 PESSOAS JÁ VOTARAM

Insultos como: ‘Pipoqueiro‘ foram direcionados a Tiquinho e até mesmo uma arte com o rosto do atacante foi apagada dos muros do Nilton Santos após o desperdício de um pênalti que custou o resultado. 

A essa altura do campeonato o lado emocional do elenco é um adversário a mais que entra em campo, e com esse tipo de protesto contra um dos seus jogadores mais decisivos, a tendência é que piore. 

Eduardo e Marlon Freitas foram alvos

Além de Tiquinho Soares, outros jogadores do Botafogo foram alvo de protestos dos torcedores. Eduardo e Marlon Freitas também tiveram seus nomes pichados nos muros do Niltão.

Agora sem Tiago Nunes, a diretoria do Alvinegro precisa correr atrás do prejuízo e tentar recuperar um início de temporada que parece perdido. A reviravolta pode começar no próximo sábado.

Busca por vaga nas semis do Cariocão

Após a derrota para o Vasco da Gama, a situação do Glorioso não ficou das mais fáceis no Cariocão. O clube precisa vencer e torcer por resultados ruins dos seus adversários.

Pela décima rodada do Campeonato Carioca o Botafogo irá enfrentar o Audax-RJ com o objetivo de subir na tabela. Já na próxima semana o clube tem o embate diante do Aurora no Engenhão. 

Torcedores estão revoltados




Rionoticias

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo