Noticias do Flamengo

“Sei disso, muito claro”; Tite é sincero após questionamento da evolução do Flamengo

Flamengo vence o Botafogo

Nesta quarta-feira (7), o Flamengo entrou em campo para enfrentar o Botafogo. No clássico pelo Campeonato Carioca, o Rubro-Negro levou a melhor no Maracanã.

Tite fala sobre a evolução do Flamengo. Foto: Thiago Ribeiro/AGIF
Tite fala sobre a evolução do Flamengo. Foto: Thiago Ribeiro/AGIF

Com gol de Léo Pereira, o time comandado por Tite venceu por 1 a 0, agora, o time carioca ocupa a vice-liderança. A atuação do time foi alvo de críticas, apesar da vitória. 

Apesar de ter sido abaixo do esperado, Tite enfatizou que o segundo tempo foi melhor para o time flamenguista: “Equipe que teve domínio e controle no segundo tempo total. Que fez jus e mereceu vencer. No primeiro tempo ainda teve alguns momentos do Botafogo pela qualidade, pela boa equipe, pelo técnico que tem, a jogada de velocidade puxada de contra-ataque, mesmo assim neutralizada”, disse. 

Persistência, resiliência, ir até o final, são palavras muito fáceis de dizer, mas muito difícil de fazer isso em campo. Teve um nível de concentração muito alto com a entrada de atletas que proporcionaram nesse aspecto a vitória”, finalizou o treinador.

Tite fala sobre a evolução do Flamengo 

O treinador flamenguista falou sobre a evolução do time desde que ele assumiu o comando do elenco Rubro-Negro: “Manteve consistência, nível de concentração, que é muito difícil. Com a pressão e necessidade do resultado que a grandeza do Flamengo requer. Sei disso, muito claro”, disse. 

“Não pense que não sei que se não ganhar não estarei técnico do Flamengo. Mas sei que tem um processo para a evolução acontecer. A primeira bola do jogo foi representativa. Ela dá e o Pedro finaliza de média distância. Está trabalhando nesse sentido”, enfatizou o treinador. 

Além disso, Tite também lembrou do ‘toque’ que recebeu da imprensa sobre o Flamengo ter perdido muito na temporada passada, que isso não é algo que ele quer sob o seu comando no time. 

“Coloquei para os atletas que legal nós, de 12 do ano passado, ganhar sete. Mas perder quatro é muito para o Flamengo. Estou falando do meu trabalho. Não dá para perder quatro de 12. Tem que vencer, sim, mas perder menos. Isso é uma equipe equilibrada”, disse.  O professor também trouxe à tona o nome de Gabigol durante a entrevista.

Léo Pereira também se torna foco da coletiva

Autor do gol da vitória, o zagueiro Léo Pereira vem se destacando a cada jogo pelo time carioca. Ele também foi uma das pautas da coletiva do treinador flamenguista após o triunfo no clássico

“O Léo é um menino que terminou muito bem o ano, nos 12 jogos, foi um dos jogadores com nível alto. E começou bem o ano, tem qualidade no posicionamento defensivo, nas coberturas, e também nos ofensivos, com construção, bola longa, diagonal e bons passes. E hoje teve a felicidade no cabeceio.”

“Ele ataca muito o primeiro pau nos escanteios. Hoje fez um gol no segundo. Pode aparecer em qualquer lado. É importante para ele. Ficamos felizes pelo jogo passado que fez defensivo perfeito. E hoje mesmo que não tenha salvado, ajudou bastante”, finalizou. Além de Léo Pereira, Tite também falou de De La Cruz.

Com a vitória, o Flamengo também não teve folga nesta quinta-feira (8), sob o comando de Tite, já houve treinamento no CT Ninho do Urubu. Agora, o Mengão volta a campo somente no sábado de carnaval (10), às 16h, contra o Volta Redonda. 

O que dizem os torcedores do Flamengo:




Rionoticias

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo