Celebridades

Governo Lula ainda não tem plano efetivo de vacinação contra dengue, diz site

O Brasil registrou recorde de mortes por dengue em 2023, com 1.079 óbitos. No entanto, o Ministério da Saúde de Lula ainda não tem um plano efetivo de vacinação contra a doença, segundo divulgou esta semana o site Poder360.

++Governo Lula revoga isenção fiscal para líderes religiosos, estabelecida por Bolsonaro

O principal obstáculo é a quantidade de doses disponíveis: até o momento, o órgão só tem o suficiente para imunizar 2,5 milhões de brasileiros. Soma-se a isso a ausência de uma estratégia definida para complementar as vacinas ofertadas, assim como para estabelecer Estados e municípios prioritários na lista de espera pelas doses.

++

Em reunião na segunda-feira (15), ficou definido que o ministério seguirá as orientações da OMS (Organização Mundial da Saúde) e vacinará primeiro crianças e adolescentes em idade escolar, de 6 a 16 anos. O grupo, no entanto, é composto por 30,5 milhões de pessoas no país, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o que demandaria um plano mais detalhado de priorização na vacinação.

“Ainda não está fechado como vai ser a vacinação. Depende da faixa etária, mas também do Estado ou município mais afetado. Nós vamos estar olhando faixa etária, disponibilidade de vacinas, porque são precisas 10 milhões de doses mais ou menos para vacinar essa população”, disse a ministra da Saúde, Nísia Trindade, em Davos, na Suíça, a jornalistas.

O Poder360 questionou o Ministério da Saúde sobre quando o plano de vacinação definitivo será divulgado e quais estratégias de complementação das doses estão em andamento. O órgão, porém, não retornou os contatos até a última atualização desta publicação.

A expectativa é de que a imunização da população comece no próximo mês, mas ainda não há informações sobre como o ministério seguirá nas etapas seguintes.

Em Davos, a ministra afirmou que receberá a doação de novas doses para complementar as 5 milhões ofertadas pela fabricante Takeda ao SUS (Sistema Único de Saúde), mas não disse o número esperado.

O Brasil é o país com o maior número de casos de dengue no mundo, com 2,9 milhões registrados em 2023, de acordo com a OMS. Os casos são mais da metade dos 5 milhões registrados mundialmente. Do total de casos constatados no Brasil, 1.474, ou 0,05% do total, são casos de dengue grave, também chamada de dengue hemorrágica. O país é o 2º na região com o maior número de casos mais graves, atrás só da Colômbia, com 1.504 casos.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook e também no Instagram para mais notícias do JETSS.

– Publicidade –




Br-Jetss

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo