Futebol

Vasco, Botafogo e Fluminense – Confira o desempenho dos clubes cariocas neste domingo

Vasco e Sport empataram em 1 a 1 na Ilha do Retiro, em jogo marcado por invasão da torcida. Os dois gols foram marcados no segundo tempo, Labandeira abriu o placar para Leão. Aos 48 minutos, Raniel empatou de pênalti, e foi em direção à torcida rubro-negra comemorar, junto de outros companheiros de equipe. Um deles, inclusive, jogou uma cadeira de plástico pra cima. Teve chuva de copos, chinelos e tênis em cima dos jogadores vascaínos.

Minutos depois, uma parte da torcida do Sport invadiu o campo, e uma confusão generalizada começou. A arbitragem decidiu encerrar a partida antes do fim por falta de condições ideais de segurança. Os atletas e comissão técnica do Gigante da Colina demoraram horas para deixar o estádio e retornar ao hotel em Pernambuco.

Foto: Daniel RAMALHO/VASCO

Botafogo perdeu para o Internacional por 1 a 0 no Nilton Santos, com marcado pelo argentino Brian Romero. Ele entrou em campo no lugar do Alemão, aos 64 minutos, e balançou as redes aos 67. Com esse resultado, o Colorado completa a marca de 11 jogos de invencibilidade, e segue na vice-liderança do Brasileirão.

Um fato curioso, é que o Glorioso é segundo melhor visitante da competição, apenas atrás do líder Palmeiras, e também o segundo pior mandante, atrás do lanterna Juventude. É um dado para ser analisado internamente com atenção. O Alvinegro está em 10º lugar na tabela, brigando por uma vaga na Libertadores. Fortaleza o ultrapassou, e o São Paulo segue atrás.

Foto: Vitor Silva/Botafogo

Na Ressacada, o Fluminense venceu o Avaí por 3 a 0. Germán Cano abriu o placar, David Braz ampliou de cabeça e Martinelli marcou o último. O colombiano Jhon Árias segue jogando muito bem, e deu assistências para os dois últimos gols da partida. O Tricolor voltou a somar três pontos após três rodadas, e voltou ao G4. Está atrás de Palmeiras, Inter e Flamengo. Resultado importantíssimo para Fernando Diniz.

Após a derrota, o zagueiro Raniele fez um desabafo sobre a arbitragem: “Deixar uma menção honrosa pro seu Daronco. Muito desumilde. Fora do âmbito de jogo, âmbito da nossa situação, ficou destratando a gente. Falando de posição (na tabela), ‘ah tá numa posição legal pra estar falando’. Quero saber o que ele tem a ver com a nossa posição? Ele é pago pra apitar independentemente de quem ele vá apitar. ‘Ah tem um monte de Pelé’, ‘só jogador bom, ‘olha a posição que vocês estão’. Eu quero saber o que ele tem a ver com isso. Fica destratando jogador, acredito que isso não é uma atitude muito profissional”, disse ao SporTV.

FOTO DE MARCELO GONÇALVES / FLUMINENSE FC

VAGAS LIMITADAS – GARANTA JÁ O SEU LUGAR!


Fonte: Rionoticias

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo