Slide Capa

DEMOCRATIZAÇÃO AO LAZER NÁUTICO EM 24 ª EDIÇÃO DA SÃO PAULO BOAT SHOW.

Empresa inovadora no conceito participa do evento até amanhã, 09 de novembro.

Comprar uma lancha é sinônimo de altos custos, que vai desde a aquisição e passa por manutenção, cuidados, seguranças, entre outras dores de cabeça. A BOATLUX® revolucionou o mercado náutico através de um sistema inteligente e inovador de Compartilhamento de Embarcações, Time Share ou Multipropriedade, que visa reduzir todos os custos à uma fração e amplia as possibilidades de uso, proporcionando lazer com ótimo custo x benefício, que antes era exclusivo para um grupo seleto de pessoas.

Através dos seus sócios diretores, Monique Barreiros, Carlos Jr, Jorge Miguel (Vetor) e Rafael Constermani, atua desde 2012 no mercado náutico, com uma proposta diferenciada: entregar momentos únicos à bordo para milhares de pessoas no país, através do sistema inteligente do compartilhamento de lanchas e moto aquáticas (jets skis).  No compartilhamento, o cotista não tem problemas comuns aos proprietários de embarcações, como conseguir um local para guardar, cuidar direito dela e que não tenha um preço extorsivo, conseguir um marinheiro de confiança, ter que lidar com a demora da marina para colocar a lancha na água, entre outros.

“Poderíamos enumerar aqui todo alfabeto e ainda sobrariam problemas, dissabores e preocupações para o proprietário de uma lancha, já que na hora que coloca a lancha na água 30% das vezes tem algum problema. O proprietário individual em vez de sair com a lancha para passear terá que se aborrecer para providenciar o conserto, ter sempre que negociar muito no orçamento do conserto, na guarda, nas revisões, se aborrecer com a marina que não lavou a lancha, não colocou óleo, deixou a bateria descarregar. Ou seja, muitas vezes perde mais tempo cuidando da lancha do que andando nela”, diz Carlos Jr.

O compartilhamento BOATLUX®, além de viabilizar financeiramente a possibilidade de aquisição de uma embarcação, proporciona tranquilidade para o proprietário em relação aos problemas de manutenção, guarda da embarcação, contratação e supervisionamento de mecânicos, marinheiros e demais prestadores de serviços necessários.

Existe uma máxima que diz “Comprar uma lancha são duas alegrias, quando compra e quando vende”. A BOATLUX® vem acabar com essa visão, o cotista BOATLUX® investe um valor bem menor na aquisição e manutenção e não tem nenhuma dor de cabeça ou perda de tempo na solução dos problemas que aparecerem”, explica Vetor.

Se engana quem pensa que essa comodidade toda custa muito. Pelo fato de o valor ser dividido entre cotistas, o preço fica acessível para todos. Em outras palavras, o sonho distante se torna realidade e cabe no bolso de qualquer um, tanto para quem está entrando na náutica ou para quem deseja ter uma embarcação maior. A democratização de um lazer que agrada dez entre dez brasileiros.

“Atualmente para uso imediato, no Rio de Janeiro , oferecemos embarcações em Cabo Frio, Angra dos Reis, Paraty, Niterói, Marina da Glória, Itacuruçá e Barra da Tijuca.  Nossa pergunta é: dinheiro traz felicidade? Não sabemos, mas garantimos que com pouco dinheiro  se compra cota náutica. Nunca vimos ninguém triste andando de lancha ou jet ski.”, ressalta Rafael Constermani.

Atualmente já são mais de 1400 cotas gerenciadas, 200 embarcações em 45 unidades no país. No primeiro semestre de 2022, será iniciado o processo agressivo de expansão em franquias para todo o país e também para alguns países na América do Sul, trazendo o conceito do GNU, Grupo Nacional de Utilização, para todos os clientes do continente, passando a ser GMU, Grupo Mercosul de Utilização. Já pensou em poder usar embarcações onde quer que tenha unidades BOATLUX®? Agora é possível, mas este benefício é apenas para cotistas BOATLUX®. 😉

Um negócio atrativo para quem quer se divertir e para quem deseja investir. As Franquias BOATLUX® proporcionam receitas recorrentes que trazem segurança, tranquilidade e alta lucratividade para o negócio. Após atingir determinado patamar de receita recorrente, o franqueado tem a segurança de que a receita recorrente não sofrerá redução. E para os interessados em serem cotistas possuírem suas embarcações, a segurança de estar na maior empresa do país que é triplamente auditada, levando segurança ao negócio além de ser a única do segmento associada a ABF – Associação Brasileira de Franchising.

“É um negócio que não é atingido por crise ou pela concorrência, é um típico “negócio de viúva” em função da segurança que proporciona para o empresário”, conclui Rafael.

Para saber mais, convidamos você a ir no São Paulo Boat Show 2021, na área dos expositores, e conhecer todo serviço oferecido. O evento acontece até 09 de Novembro de 2021 no São Paulo Expo.

HISTÓRIA DA BOATLUX®:

A empresa foi fundada em 2012 e começou sua operação em Cabo Frio, RJ. Em 2013, após a compra de parte da empresa, iniciaram com uma lancha e um jet ski. Em junho de 2013, adquiriu a segunda lancha e, em outubro de 2013, adquiriu uma lancha e iniciou uma operação em Angra dos Reis, RJ. Em 2015, já haviam expandido para Barra da Tijuca e Itacuruçá, ainda no estado do RJ.

Em março de 2014, a atual sócia majoritária da empresa, adquire mais 45% das cotas do capital social passando a ser a controladora da empresa com 95% das cotas, quando há uma reestruturação total do modelo de negócio da empresa já visando a expansão no formato de franquias. A operação atinge o total de 4 unidades no estado do RJ, 80 clientes e 10 embarcações.

Em agosto de 2016, é agregado ao time um sócio e diretor de expansão, Carlos Jr, que juntos levam a empresa de 80 para 500 cotas gerenciadas e um aumento da frota de 10 para 65 embarcações, 18 unidades no RJ, SP, PE, ES e SC em 2017. Até dezembro de 2018, quando também iniciam o processo de expansão e estruturação de franquias para todo país, passando de 100 embarcações nas 25 unidades.

De 2018 a 2021, a empresa recebe reforço com dois novos sócios, Rafael Constermani atuando na diretoria de operações, padronizando e definindo processos e procedimentos, garantindo a produtividade e a gestão adequada dos recursos e Jorge Miguel (Vetor) como diretor geral, identificando oportunidades, avaliando as viabilidades, fazendo recomendações sobre novos investimentos ou desenvolvimento de novos negócios.

Em Novembro de 2021, a operação possui mais de 200 embarcações e 1400 cotas gerenciadas em 45 unidades no país com o foco em expandir até o final de 2022 para todos os estados no Brasil e alguns países na América do Sul.


Fonte: Jornalista Isabel Ludgero

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo